É Maria e é cheia de graça

Para quem não sabe, tenho um nome composto. Helena Maria. Minhas avós são Maria. A mulher que meu tio mais amou, era Maria.

E todo mundo por ai, algum dia foi Maria também. Maria palheta, Maria gasolina, Maria tatame… Machista, né? Ave Maria!

Eu como Maria, decidi não esperar mais ninguém. Trilhei meu caminho, não fiz concurso público. Trabalho com que gosto, mesmo ganhando o que não queria. Adotei uma gata, comprei uma vitrola, faço yoga e meditação. Escrevo aqui quando posso e ainda tenho tempo pra namorar, beber e dançar com os amigos.

O melhor em ser Maria, é que você não precisa ser como as outras.

No dia 11 e 18 de novembro às 22h, teremos 6 Marias, 6 filmes exibidos simultaneamente em 6 canais Telecine. Dá pra imaginar? Em cada canal, uma Maria diferente. Sente o clima:

Marias é um curta que conta a história de 6 mulheres que se chamam Maria. O que elas têm em comum? São todas autênticas e vivem de acordo com suas regras. O que faz cada Maria autêntica é justamente o contraste com as outras. Protagonistas de suas histórias, coadjuvantes nas outras. E que claro, nenhuma das Marias vai com as outras. Uma não existe sem a outra e, no fim, todas têm o seu valor. Opostas. Paradoxais. E sempre Marias.

Não vai perder, né? #SouMaria

Ah e para não perder nada, siga tambpem no Instagram: @Sou__maria

Beijos da Maria!

 

*Este post é um publieditorial

Comentários