Depoimento da Semana: Emagrecer para realizar sonhos

 Tenho 26 anos, adoro encher a cara até não caber mais alcool em mim. Sou fumante, adoro cozinhar junkie food e comer, claro. Sedentária há quase 11 anos. Viciada em sorvete e gosto de homem como gosto de carne: com uma boa capa de gordura. Comida me dá prazer, me anima, me ajuda na depressão, me ajuda a comemorar. Ou pelo menos era assim.

Muito esperta, escondeu a pança!

De um ano e meio pra cá, depois de um problema de saúde, meu metabolismo desacelerou muito e eu comecei a ganhar peso rapidamente. O ganho do peso em si não é o problema. Tava dando pra ser gordinha e feliz.

Mas, eu e o @DaniloGuedes resolvemos nos casar em 2012 e procriar em 2013. Aí resolvi juntar a necessidade com a vaidade.Com a quantidade de bacon, gorduras, cigarro e alcool que eu geralmente consumo, se eu engravidasse ia acabar parindo um bebê caminhoneiro de 40 anos frequentador do AA. Além dos quilos adicionais que a gravidez já traz.

Isso, mais o meu desejo de ficar gostosa num vestido de noiva, mais umas dores no joelho, me levaram ao médico, que me levaram à nutricionista que me levou à dieta. Meu colesterol tava alto, eu já tive outros problemas de saúde, então respirei fundo e pensei: “MERDA, FODEU, VOU TER QUE FAZER DIETA”.

Estou com sobrepeso grave. Mais três quilos entro pra obesidade nível 1. Estou a 19kg do meu peso ideal e 14kg acima do que eu achava que era o ideal. Eu comia cerca quase TRÊS MIL calorias por dia. Minha médica me passou uma dieta de 1380kcal diárias. UMA MERDA. Isso é a primeira fase, que vai durar 40 dias e depois ela vai decidir se continuo do mesmo jeito ou ela muda algo. Tenho um cardápio predeterminado, dividido por grupos de alimentos, e uma tabela de substituições. Devo consumir ao longo do dia, quaisquer coisas da tabela, desde que me atenha aos grupos que TENHO a consumir (parece meio confuso, é meio confuso, mas é issaê!). Nesse primeiro 40 dias, e por causa do meu colesterol, não posso consumir coisas com alto nível de gorduras totais, nem frituras, nem doces.

De cara eu pensei: PELAMORDEDEUS! EU VOU MORRER DE FOME! E comecei. Meus tweets falam bem sobre como foi.

 

1º dia de dieta: indo bem, claro que a torta de frango com catupiry q a @renataabritta comeu de café da manhã não ajudou, mas to firme.(10hs)

1º dia de dieta: TO CO FOME (17hs)

1º dia de dieta eu já tava olhando prum pombo e imaginando um frango assado. Faltam só 39 dias pra terminar a primeira fase. (21hs)

2º dia de dieta e to querendo comer um pedaço da minha mão: perco peso e mato a fome.

3º dia de dieta: pensando em vender um rim. aí diminui o peso.

3º dia de dieta e to começando a entender como o Pica-Pau consegue imaginar os amigos dele em uma panela, cozinhando.

No 3º dia de dieta – tive uma crise nervosa. Um FDP entrou no ônibus comendo um pedaço de pizza e cheguei em casa e comecei a chorar pensando se eu seria o tipo de pessoa que não comeria pizza mais. E comecei a filosofar sobre comida. Sobre por que eu tava fazendo tudo aquilo. E comi minha salada chorando. Depois que a salada com um bife me encheu, eu tava de estômago cheio e rindo da minha cara. Percebi que tava muito mais na minha cabeça do que no meu estômago.

4º dia de dieta: Comecei a tomar ÓDIO MORTAL de alface. Olhava pro meu prato de almoço e me sentia comendo uma maquete da floresta amazônica.

5º dia: Sexta é dia de McAlmoço Feliz com as meninas do trampo. É quando a gente vai juntas ao McDonalds. Me senti entrando num puteiro e pedindo um abraço. Comi salada, suco pequeno e o hamburguer (sim, o simples) pedido especial, só pão e carne.

6º dia: em casa. Minha geladeira parece uma área de preservação ambiental. Estava muito irritada pela quantidade de comida fria que eu estou comendo por causa da salada. Fiz uma sopa de legumes a noite.

7º dia: comi um temaki. UM TEMAKI. EU. Eu que era praticamente recordista do rodizio de temakis comia 8, linda e sorridente e ia embora rolando pra casa. O Dan me acompanhou o tempo todo, comeu o que eu comia.

8º dia, primeira pesagem: a médica me instrui, no dia 1 a achar uma balança proxima de mim, me pesar e a cada semana voltar nessa mesma balança. Dos 72,3 do dia 1, hoje eu me pesei e quase chorei com o 69,8 que apareceram na balança.

Exatos 2,5kg a menos. Nas proximas semanas os resultados não devem ser tão surpreendentes. Mas eu sei que eu consigo. Eu tenho meus objetivos e eles são muito importantes pra mim.

Não é questão de estar gorda ou magra. A questão, no meu caso, é que era uma questão de saúde e uma questão de realizar meus sonhos como eu os via na minha cabeça. Eu vou me casar, eu vou ter meu filho. Tudo isso tá muito perto, sabe? Eu já perdi um filho antes. Com 10 semanas. E eu só quero agora que comigo esteja tudo o mais certo possivel, pra eu poder estar bem pro filho que vai vim, pros sonhos que tão se tornando reais.

Emagrecer não é essencial pra isso. Mas já que é sobre mim, eu gostaria assim. E to correndo atrás!

 

 

~~ Esse depoimento foi confeccionado com pão de queijo mineiro legítimo pela minha futura madrinha de casamento @gabidornelas

Comentários