Depoimento da Semana: O que te faz feliz?

Você sempre foi o cara gordinho da turma? Cansou de ser motivo de chacota pelos seus amigos? Todo mundo fingia que você fazia muito peso no assento da praça e dava um “pulinho”, só pra tirar uma com a tua cara? Nós temos a solução: aceite-se! (esperaram uma solução das Organizações Tabajara, né?)

Você consegue, sim, ficar com aquela gatinha, sem problema algum… O segredo está apenas na sua autoestima!
Vamos ao Depoimento da Semana:

“Oi, meu nome é Bruno, tenho 21 anos e não como um brigadeiro há dois dias. Assim como muitos de vocês, estou acima do peso.
Tenho 115 quilos admiravelmente espalhados por um corpinho de 1,92m. E sabe qual é o maior problema em ser gordinho? Não é usar calça número 50, ou ter dificuldade em passar na catraca do busão, ou até mesmo as piadinhas sem graça dos amigos, o real problema em ser gordinho é: NENHUM!
Eu não tô aqui pra falar de autoestima ou que ser gordo é ser bonito, mas o fato é que existem pessoas bonitas e feias, e só.
hahaha ogro memo

Agora a beleza está realmente nos olhos de quem vê, existem magros feios e gordos lindos, e vice-versa. Eu sinceramente gosto de ser gordinho. Além disso, eu gosto de comer, gosto MUITO de comer, sou viciado em massas. Queria poder ir ao McDonald’s toda semana, como carne todos os dias e vivo à base de Coca-Cola.

Eu não vou mentir, já tentei fazer regime. Eu já comecei uns 25 tipos de regime diferentes, mas não dei continuidade a nenhum. Tentei fazer regime mais por influência de terceiros do que por minha própria vontade. Por mim, enquanto não afeta a minha saúde, eu me manterei gordinho.
Isso nunca me atrapalhou em nada, nunca me impediu de arrumar empregou ou de arrumar namorada. Sempre fui feliz assim, e continuarei assim por um bom tempo. No final tudo gira em torno disso: O que te faz ou não te faz feliz.”

~Este depoimento foi confeccionado com sorvete de creme e calda de chocolate pelo Bruno Matteuzzi e o blog dele é Um Pouco de Lixo Tóxico

Comentários