Cintura Larga na Cidade do Alimento do McDonald’s

Fomos convidadas para realizar uma visita mega especial na Cidade do Alimento, do Programa Portas Abertas, da maior rede de Fast Food do mundo – o McDonald’s!
Food Town é referência em produção, armazenamento e distribuição de alimentos

Complexo reúne os três principais fornecedores do McDonald’s no Brasil.  
Centro de excelência é o único da América Latina e, iguais a ele, só existem mais dois no mundo 

Presente no Brasil desde 1979, o McDonald’s passou por um intenso processo de expansão no final da década de 90. Para acompanhar o acelerado ritmo de crescimento da rede no país e atender à demanda por produtos, os principais fornecedores do Sistema McDonald’s também sentiram a necessidade de ampliar suas instalações e investir em infraestrutura para produzir mais e com qualidade ainda maior.
 
Assim nasceu a Food Town – ou Cidade do Alimento -, complexo de excelência em produção, armazenamento e distribuição de alimentos para o McDonald’s Brasil. Inaugurada em 17 de maio de 1999 e situada em um terreno de 160 mil m², no km 17,5 da Rodovia Anhanguera, a Food Town foi concebida dentro de um conceito moderno e inédito no país para o setor de comércio de alimentos.
 
Esse enorme complexo industrial, com 33,4 mil m² de área construída em formato de “L”, foi erguido por três grandes fornecedores do McDonald’s: as empresas Marfrig-Braslo (processadora de carnes), FSB Foods (fabricante de pães) e Martin-Brower (logística e distribuição). Hoje, a Cidade do Alimento é um dos maiores centros de produção do país, resultado de um investimento em qualidade. O valor destinado à construção do espaço superou os US$ 70 milhões.
 
As condições de higiene da edificação foram rigorosamente controladas desde o início das obras, o que se refletiu, por exemplo, na escolha de materiais adequados para garantir assepsia total e um altíssimo grau de segurança alimentar.
 
O complexo tem, ainda, a vantagem de reunir fornecedores e distribuidor lado a lado, reduzindo o tempo e os custos de transporte. A tecnologia dos equipamentos, de última geração, proporciona qualidade, rapidez e eficiência ao processo produtivo.
 
A Cidade do Alimento brasileira é a primeira do Sistema McDonald’s na América Latina. Existem outras duas similares, uma na Alemanha e outra na Rússia. O complexo permite a produção de 84 mil dúzias de pães por dia pela FSB Foods  e o processamento de 100 toneladas diárias de carne bovina e de 60 toneladas diárias de carne de frango pela Marfrig-Braslo.
 
A frota da Martin-Brower, com mais de 100 caminhões, distribui todos os produtos para os restaurantes McDonald’s. Os veículos são equipados para o transporte seguro de alimentos secos, resfriados e congelados.
 
Tanto na Cidade do Alimento quanto nos Centros de Distribuição Regionais, os ambientes são cuidadosamente limpos. Não há contato das caixas de produtos com o chão dos estoques graças ao uso de pallets. A armazenagem também segue sempre uma ordem determinada, a fim de facilitar a carga e a descarga dos caminhões. Além disso, as empilhadeiras que operam dentro dos armazéns são movidas à energia elétrica ou bateria, de modo que não haja óleo, gás GLP ou qualquer outro combustível na área onde ficam os alimentos.
 
A Food Town é hoje um centro de referência de qualidade não apenas no mercado brasileiro, mas também em muitos dos 118 países em que o McDonald’s está presente.
 
São mais de 800 funcionários trabalhando com um único objetivo: honrar o compromisso do McDonald’s com a alimentação, oferecendo produtos saudáveis, seguros e de qualidade.
Infelizmente, não pudemos fotografar as empresas do complexo.
Vamos agora para as gordices?

Cliquem nas fotos para ampliar!
   
Café da manhã
 

Menu (Entrada)
Mação caramelizada recheada com Cheddar e molho de Big Tasty
Croquete de hambúrguer de Big Mac com ketchup de maçã
Ceviche de McFish com creme gelado de molho de Big Mac
Rissoles de Cheddar

Espetinho de tomate-grape e de nozinho de Mozarela e marinado em azeite de oliva

 

Menu (Almoço)

Salada de folhas servida sobre lâmina de gelatina de suco de pêssego e pepino em conserva. Acompanha Croütons de maçã e queijo parmesão, molho de suco de laranja e azeite de oliva com ervas
Creme de Cenouritas com Ovo Poché, farinha de bacon e creme de alface
Ensopado de McFish com molho de coco
Bolo de Big tasty envolto em bacon com cebola caramelizada e torta de McFritas com queijo parmesão. Regado com vinagrete de tomate


  Sobremesa
Pudim de claras com Baba-de-moça


 

 Café com docinhos

Brigadeiros: tradicional, café, Ovomaltine, Coco
Cupcakes: laranja e Chocolate
Cocada com sabor maracujá

E o que trouxemos para casa! <3
Tudo preparado pela simpática chef de cozinha, Maria Luiza Ctenas.
             A ideia do McGourmet é da própria chef, que também é nutricionista do McDonald’s. “Cansei de ver as pessoas dizendo que os alimentos do McDonald’s não são nutritivos e resolvi fazer alguns pratos só com os ingredientes da rede”, conta. Hoje, a ideia da chef se espalhou pelo mundo e outros chefs também inventam suas variações. “Faço a avaliação de todos os pratos”, revela. Fonte: A Tribuna.

 Agradecemos ao @McDonalds_BR pelo dia maravilhoso que passamos hoje! 🙂

Comentários